A Abhyanga é uma massagem?

O significado da palavra Abhyanga é oleação ou friccionar e untar, com óleo. Portanto a Abhyanga não é necessariamente uma massagem, pois não há pressão nos tecidos. Porém enumerar como uma massoterapia para facilitar o entendimento do público leigo.

Sem dúvida a Abhyanga é a prática mais realizada na Ayurvéda, pois está quase sempre presente em tratamentos ayurvédicos. Além disso costuma ter efeitos imediatos, muitas vezes sentindo durante o cuidado.

É suave, rítmica e penetrante. A técnica mais antiga para alívio da dor de que se tem registros. De acordo com uma pesquisa na Universidade de Ayurveda em Gujarat, foi comprovado que em cerca de 4 minutos o óleo é absorvido e chega até a raiz dos ossos.

Por isso ela é uma técnica de massoterapia penetrante, mesmo não tendo pressão significativa da mãos.

A função principal desta massoterapia é nutrição dos tecidos começando pela pele.

Outros encaram como uma massagem em todos os sentidos. Afinal, usa movimentos e manobras manuais leves pelo corpo. Usando o óleo vegetal morno como veículo de princípios ativos.

O tipo de óleo a ser utilizado e tipos de movimentos variam de acordo com os doshas do paciente. A seção de Abhyanga dura entre 30 e 45 minutos e o paciente deve ir preparado para receber óleo morno na pele, dos pés à cabeça.

O óleo deve ser retirado cerca de 30 minutos após a aplicação.

Abhyanga na Dinacharya (autocuidado diário)

Para tratamentos mais específicos recomenda-se uma oleação matinal, antes dos exercícios físicos como parte da rotina diária. Esta rotina também é conhecida como Dinacharya.

A prática desta rotina de forma constante ajuda a manter o foco e a disciplina durante o dia além de promover todos os benefícios da Abhyanga.

É uma ótima forma de iniciar o dia usando meia colher de óleo de gergelim aquecido para todo o corpo.

Antes dos exercícios físicos e após uma seção breve de meditação é uma fonte poderosa de tranquilidade e energia.

Experimente a auto-Abhyanga e comprove na pele os benefícios.

Preparação do Óleo

O óleo deve ser aquecido em banho maria com duas gotas de água até que a água tenha evaporado. Deste modo há garantia de que o óleo atingiu a temperatura adequada. Os óleos também podem receber 1 ou 2 gotas de óleos essenciais de acordo com os objetivos desejados.

Como a Abhyanga age no corpo?

A terapia estimula a soltura de toxinas da epiderme e derme e estimula a corrente sanguínea e sistema linfático . Este estímulo promove a excreção destas toxinas para o sistema excretor e digestivo.

Por isso é recomendável que a alimentação seja leve durante o dia, para evitar que os benefícios de terapia não sejam mitigados por uma má alimentação ou alimentação excessiva.

Portanto, mesmo diante de uma fome intensa ou repentina, o paciente deve tentar se alimentar com moderação.

Lembrando que a hidratação está liberada dentro de nossas necessidades diárias normais.

Doshas

Conheça de forma objetiva a aplicação desta massoterapia nos doshas.

Vata (éter + ar)

Esta massoterapia evita a expansão de vata no indivíduo. O dosha constituído pelos elementos éter e ar, que quando agravados aumenta a rigidez, secura, dores, estalos articulares e dificuldade digestiva. Os óleos ideais para vata são Gergelim, amêndoas, rícino, entre outros.

Sem dúvida, esta terapia é mais que indicada para indivíduos com este desequilíbrio.

Em breve vamos postar como identificar desequilíbrios em no Dosha Vata.

Pita (fogo + água)

Para pita o óleo deve estar menos quente, especialmente para os indivíduos que possuem este dosha elevado. Assim como os movimentos precisam ser mais suaves e lentos. Os óleos ideais para kapha são coco, azeite de oliva, girassol, entre outros.

Em breve vamos postar como identificar desequilíbrios em no Dosha Pita.

Kapha (água + terra)

Este tratamento deve ser evitado para excesso de kapha, pois os indivíduos com este desequilíbrio podem ter dificuldade para absorver óleo em excesso. Porém indivíduos com constituição kapha podem receber Abhyanga com uso dos óleos corretos. Os óleos ideais para kapha são mostarda e linhaça entre outros.

Em breve vamos postar como identificar desequilíbrios em no Dosha Kapha.

Benefícios da Abhyanga

Como todo exercício de auto cuidado, a prática promove a disciplina e a atenção. Uma vez que parte do dia é religiosamente dedicada ao toque. Seja proporcionado por um profissional ou por uma auto aplicação.

Reserve um dia na semana para receber a massagem de um profissional e nos demais dias faça a auto-aplicação de Abhyanga, certamente os benefícios serão notáveis em poucos dias.

Veja os principais benefícios desta prática:

  • Melhora do sono;
  • Nutrição dos tecidos (especialmente hidratação);
  • Melhora da prática de meditação;
  • Rejuvenesce os tecidos e melhora os aspecto do corpo;
  • Melhora a circulação;
  • Promove o alívio de dores e tensões musculares;
  • Reduz edemas;
  • Reduz stress e tensões emocionais;
  • Atenua crises de enxaqueca;
  • Indicado para o tratamento de dependências.

Como é aplicado o Abhyanga

A Abhyanga deve ser feita com óleo morno e o paciente deve estar pronto para receber óleo no corpo, incluindo cabeça e membros. Homens devem estar trajados de sunga ou cação e mulheres de biquíni ou com top que possa ser removido durante aplicação nas costas.

Recomendações

Escolha um dia na semana com pouca movimentação e reserve um turno ou 2 horas para receber a seção de massoterapia e poder relaxar. Deste modo os benefícios serão notáveis.

Contraindicações

Não é recomendado o Abhyanga para pessoas com febre, gravidez ou menstruadas (a depender do caso). Indivíduos com histórico de trombose e tromboflebite. Assim como pacientes que estejam com algum tipo de náusea ou diarreia.

Na análise dos doshas de um indivíduo, aqueles que possuírem dosha kapha exacerbado devem evitar a oleação. Ou escolher os óleos mais adequados para este tipo de desequilíbrio. Como os óleos de mostarda e linhaça, por exemplo. Utilizando movimentos mais rápidos e óleo mais aquecido.

Conclusão

A Abhyanga pode é uma terapia que tanto pode ser considerada uma massoterapia, mesmo que os toque sejam leves e não ofereçam pressão aos tecidos. Pois o toque, por mais leve que seja, é capaz de transferir calor e criar uma sensação de conforto.

Aqui na Sunyata usamos o Abhyanga como uma preparação para a massoterapia indiana. Assim como usamos como preparação para meditação ou relaxamento. Experimente massoterapia em Recife!

Gostou desta postagem? Então Indique nos a um amigo ou amiga.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *